Paisagem e restauração de áreas degradadas
Paisagem na Serra da Mantiqueira

NOVA TEMÁTICA!

1. Apresentação e objetivos do curso

O licenciamento ambiental é formado por três etapas, sendo a primeira o diagnóstico ambiental. Em seguida, a avaliação de impactos e, por fim, a análise integrada. A avaliação de impactos se utiliza de informações do próprio diagnóstico ambiental, e seu resultado proverá embasamento para a formulação das medidas compensatórias e mitigatórias no decorrer do licenciamento.

A etapa da avaliação ambiental representa o elo entre o diagnóstico e as medidas compensatórias, sendo de vital importância no manejo dos recursos naturais na busca da mitigação dos impactos. Nessa linha, uma abordagem que considere uma perspectiva da paisagem possibilita criar um diagnóstico mais efetivo sobre a qualidade dos remanescentes de vegetação nativa e da paisagem, levando em conta, por exemplo, a proximidade entre fragmentos, e permitindo identificar áreas prioritárias para conservação e restauração ambiental, utilizando-se, por exemplo, da simulação de corredores ecológicos.

Dessa forma, o presente curso busca oferecer respostas e orientações para as seguintes perguntas:

  • Como integrar a perspectiva da paisagem na avaliação de impactos ambientais?
  • Como medir as características da paisagem (métricas) e como utilizar essas medidas na avaliação de impactos ambientais?
  • Como a simulação de corredores ecológicos e outras técnicas de geoprocessamento podem contribuir com estratégias de conservação, restauração e adequação ambiental?

Pensando incrementar a incipiente metodologia utilizada na avaliação de impacto no licenciamento ambiental, a Brasil Bioma começa a oferecer um treinamento rápido, de caráter teórico-prático para levar instrumentalização e conhecimento prático aos consultores e analistas de órgãos públicos sobre o tema. Este treinamento utilizará de softwares gratuitos, alguns desenvolvidos por um dos ministrantes do curso em conjunto com outros pesquisadores, em paisagens reais para com demandas ambientais.

A empresa possui larga experiência na elaboração e oferecimento de Cursos de extensão sobre Taxonomia de Campo, Restauração Ambiental, Diagnóstico em campo de fauna e flora e Classificação de Vegetação. Desde 2008, mais de 1.300 profissionais já participaram de nossos treinamentos presenciais. E desde 2015, mais de 800 profissionais se beneficiaram dos nossos treinamentos on-line através do Curso “O Segredo da Identificação de Plantas” e do Portal eFlora.

Este treinamento pretende trazer toda a “bagagem” prática dos docentes que somam mais de 40 anos de experiência em levantamentos de flora e análise de impactos disponibilizando um treinamento versátil e focado no compartilhamento de informações a fim de incrementar a qualidade no oferecimento de estudos ambientais pelos participantes.

O curso tem o objetivo de:

– Discutir como as métricas de paisagem podem contribuir no planejamento da avaliação ambiental dos recursos naturais;

– Reconhecer ferramentas básicas no planejamento de corredores ecológicos afim de apoiar as ações de restauração ecológica para fins de atendimento à RES. SMA 32/2014; e

– Identificar o potencial das ferramentas de geoprocessamento no atendimento das novas exigências do Código Florestal.

 

 2. Data e local

Condomínio Edifício Paulista Plaza The Office

Alameda Santos, 455, Mezanino.

200 m do Metrô Brigadeiro.

 

17 e 18 de setembro de 2018

Carga horária: 16 horas

 

  • Docentes

– Felipe Martello

Biólogo pela UFSCar. Mestre e Doutor em Zoologia pela UNESP (Rio Claro). Pós-doutorando e professor do Departamento de Ciências Ambientais da UFSCar. Desenvolve pesquisas na área de Ecologia da Paisagem, Ecologia de Comunidades e Ecologia Urbana. Possui mais de 4 anos de experiência didática lecionando cursos de Geotecnologias, Ecologia da Paisagem e Geoprocessamento Aplicado à Ciências Ambientais para cursos de graduação e pós graduação em Biologia, Ecologia e Gestão Ambiental.

 

– Géza de Faria Árbocz

Engenheiro Agrônomo pela ESALQ/USP. Atuou como analista ambiental nível V no IBAMA na área de licenciamentos ligados a transporte e empreendimentos costeiros, além de atuação no DEPRN antigo órgão licenciador do Estado de São Paulo (agenda verde). É consultor sênior especialista em licenciamento ambiental da empresa Arcadis S.A. (antiga Arcadis Tetraplan e Arcadis Logos). Mais de 30 anos de experiência na execução e coordenação de levantamentos de flora e estudos ambientais diversos, tendo trabalhado em todos os Estados do país.

 

– Rodrigo Trassi Polisel

Biólogo pelo IB/USP. Mestre e doutor em Biologia Vegetal pela UNICAMP. Professor de Biologia e Engenharia Ambiental na UNISANTOS e na UNIMES. Coordenador dos cursos presenciais e on-line da Brasil Bioma, além do programa Muda Certa e portal eFlora. Consultor ambiental com mais de 10 anos de experiência e especializado no levantamento e classificação de vegetação. Idealizador do primeiro curso ON-LINE sobre Taxonomia de Campo do Brasil. Autor de livros na área de Botânica aplicada.

 

 3. Monitor

– André Regolin

Biólogo pela UFSC. Mestre em Ecologia pela UFSM e Doutorando em Zoologia pela UNESP Rio Claro. Tem experiência em Avaliação de Impactos Ambientais de empreendimentos dos setores portuário, energético e de transportes, atuando principalmente como coordenador de projetos. Em sua pesquisa, aplica modelagem ecológica, ecologia de paisagens e sensoriamento remoto à investigação de problemas relacionados à conservação da biodiversidade, principalmente fragmentação, perda e degradação de habitat. Ministrou disciplinas e cursos de Ecologia de Paisagens e Geoprocessamento para a graduação e pós-graduação.

 

 

  1. Valor do investimento

Profissional: De R$ 600,00 por R$ 550,00

Pós-graduando: De R$ 560,00 por R$ 510,00

Estudante: De R$ 540,00 por R$ 490,00

(desconto de 5% para inscrições em grupo com mais de 3 integrantes)

 

Formas de pagamento:

– transferência bancária (à vista ou parcelamento em até 3x – julho, agosto e setembro)

– cartão de crédito (à vista ou em até 10x – via PagSeguro)

* Emitimos NF do valor da inscrição, se necessário.

 

Inscrição: Enviar e-mail para contato@brasilbioma.com.br solicitando o formulário de inscrição do Curso

 

Incluso no valor:

– honorários dos docentes;

– coffee-breaks;

– certificado;

– “bônus”:

  • Apresentações do curso em pdf.
  • Material de teórico-prático de Geoprocessamento Aplicado a Ciências Ambientais (Apostila + arquivos para práticas) em formato eBook.

4. Pré-requisitos e avisos prévios

– Trazer notebook (muito recomendável),

 

Programa resumido

O programa do curso é subdivido em cinco módulos organizados abaixo.

Período Programa
Dia 1 – manhã Módulo 1 – Introdução do curso: Dados da vegetação e a limitação na análise ambiental e a busca pela restauração ecológica “ativa”.

Módulo 2 – Bases teóricas no geoprocessamento: Conceito de dados espaciais, sistema de coordenadas, GPS, escala, modelos de representação espacial, conceitos de SIG e Geoprocessamento.

Prática: Introdução à utilização de software de SIG (QGIS): inserindo pontos amostrais, características de arquivos vetoriais e matriciais, integrando dados de GPS e arquivos de Google Earth no QGIS.

Dia 1 – tarde Módulo 2 – Técnicas específicas de geoprocessamento como apoio à análise da paisagem.

Prática: Utilizando Geoprocessamento aplicado a análise ambiental: Buffer e cálculo de área para adequação ambiental; reamostragem e manipulação de dados espaciais para identificação de área para amostragem, conservação e restauração.

Dia 2 – manhã Módulo 3 – Métricas e avaliação de paisagem

Teoria: Introdução à Ecologia da Paisagem e sua aplicação na análise ambiental.

Prática: Como e o que medir na paisagem? Calculando métricas de paisagem com o software LSMETRICS.

Dia 2 – tarde Módulo 4 – Métricas e avaliação de corredores ecológicos

Prática: Delineando corredores ecológicos para fins de conservação e restauração ambiental com o software LSCORRIDORS.